Posts com Tags Java

Usando código Groovy (o Java com esteróides) juntamente com código Java em um projeto com Spring Boot

Mais um post em que explico como integrar código Groovy junto ao seu código Java em um projeto com Spring Boot usando o gerenciador de dependencias Maven. No outro post usamos o ‘Groovy Eclipse Compiler Plugin‘ mas nunca consegui fazer ele funcionar corretamente com o Spring Boot então o substituimos pelo ‘GMaven Plugin‘. Além disso o ‘Groovy Eclipse Compiler Plugin‘ tem problemas de backward compatibility com o Java 8 diferentemente do ‘GMaven Plugin‘.
Então mãos a obra, adicione as configurações abaixo ao seu pom.xml e tenha todo poder do Groovy junto ao seu código Java.

	
	<!-- Adicione o Groovy às dependências do seu projeto -->
	<dependencies>
        <dependency>
            <groupId>org.codehaus.groovy</groupId>
            <artifactId>groovy-all</artifactId>
            <scope>compile</scope>
        </dependency>
	</dependencies>		
     
        .
        .
        .       
     
	<!-- Será necessário fazer algumas mudanças no seu processo de build --> 		
	<build>
		<resources>
			<resource>
				<directory>${basedir}/src/main/resources</directory>
			</resource>
		</resources>
		
		<!-- Adicione o GMaven Plugin -->
		<plugins>
			<plugin>
				<groupId>org.codehaus.gmaven</groupId>
				<artifactId>gmaven-plugin</artifactId>
				<version>1.5</version>
				<configuration>
					<providerSelection>2.0</providerSelection>
				</configuration>
				
				<!-- Adicione as dependencias 'gmaven-runtime-2.0' e 'groovy-all' ao plugin -->
				<dependencies>
					<dependency>
						<groupId>org.codehaus.gmaven.runtime</groupId>
						<artifactId>gmaven-runtime-2.0</artifactId>
						<version>1.5</version>
					</dependency>
					<dependency>
						<groupId>org.codehaus.groovy</groupId>
						<artifactId>groovy-all</artifactId>
						<version>2.1.8</version>
					</dependency>
				</dependencies>
				
				<!-- Defina suas metas de execução -->
				<executions>
					<execution>
						<goals>
							<goal>generateStubs</goal>
							<goal>compile</goal>
							<goal>generateTestStubs</goal>
							<goal>testCompile</goal>
						</goals>
					</execution>
				</executions>
			</plugin>

			<!-- Adicione o plugin do 'spring-boot-maven-plugin' -->			
			<plugin>
				<groupId>org.springframework.boot</groupId>
				<artifactId>spring-boot-maven-plugin</artifactId>
			</plugin>
			
		</plugins>
	</build>

Caso você tenha dúvidas poderá se basear em um projeto completo no Github o Erudio API OAUTH2 utilizando essas tecnologias juntas. Lets Groovy guys, bons estudos.

Tags: , , , ,

Usando código Groovy (o Java com esteróides) juntamente com código Java

Existem várias maneiras de se usar Groovy junto ao seu código Java. As mais usadas são com Gradle e Maven. No maven podemos usar o GMaven ou o Groovy Eclipse compiler plugin. Pessoalmente eu uso este ultimo e segue abaixo as configurações básicas pra que você tenha todo poder do Groovy a seu dispor.

	
	<!-- Adicione o Groovy às dependências do seu projeto -->
	<dependencies>
            <dependency>
                <groupId>org.codehaus.groovy</groupId>
                <artifactId>groovy-all</artifactId>
                <version>2.1.6</version>
            </dependency>
	</dependencies>
		
			.
			.
			.		
		
	<!-- Será necessário fazer algumas mudanças no seu processo de build -->	
	<build>
	
			.
			.
			.	
			
        <plugins>        

			.
			.
			.			
        
            <plugin>
                <groupId>org.apache.maven.plugins</groupId>
                <artifactId>maven-compiler-plugin</artifactId>
                <version>3.1</version>
				
				<!-- Adicione o Groovy Eclipse compiler as suas configurações -->
                <configuration>
                    <compilerId>groovy-eclipse-compiler</compilerId>
                    <source>1.6</source>
                    <target>1.6</target>
                    <encoding>${project.build.sourceEncoding}</encoding>
                </configuration>
				
				<!-- Adicione as dependencias 'groovy-eclipse-compiler' e 'groovy-eclipse-batch' -->
                <dependencies>
                    <dependency>
                        <groupId>org.codehaus.groovy</groupId>
                        <artifactId>groovy-eclipse-compiler</artifactId>
                        <version>2.8.0-01</version>
                    </dependency>
                    <dependency>
                        <groupId>org.codehaus.groovy</groupId>
                        <artifactId>groovy-eclipse-batch</artifactId>
                        <version>2.1.5-03</version>
                    </dependency>
                </dependencies>
            </plugin>
			
			<!-- Adicione o plugin 'groovy-eclipse-compiler' -->
            <plugin>
                <groupId>org.codehaus.groovy</groupId>
                <artifactId>groovy-eclipse-compiler</artifactId>
                <version>2.8.0-01</version>
                <extensions>true</extensions>
            </plugin>            
        </plugins>         
    </build>

Não lhe garanto que em alguns momentos você passará por frustrações, principalmente por causa do Eclipse. Mas lhe garanto que vale a pena.

Tags: , ,

Por quê Semeru?

Vocês devem estar se perguntando, “onde diabos esse maluco arrumou esse nome?” simples, hehehe, nem tanto. Esse nome se deve ao fato de eu trabalhar e gostar muito da linguagem Java. “Poxa mas o que isso tem a ver?”. Na ilha de Java localizada na Indonésia existem uma série de enormes vulcões e o maior, mais ativo e violento deles é o Mont Semeru ou simplesmente Semeru. Daí veio o nome do blog.
Ilha de java
É isso aí, e espero que gostem.

Tags: , , ,