A Figura 2 representa o ciclo de vida de um projeto utilizando o framework XP. Como se pode ver o primeiro retângulo a esquerda representa a fase de exploração. É nessa fase em que as primeiras histórias de usuário são levantadas e o projeto arquitetônico da aplicação é iniciado. As histórias de usuário são frases curtas  escritas pelo cliente que explica uma funcionalidade que o software deve ter (HENRAJANI, 2007). Ainda na fase de exploração são levantados os requisitos e implementados os cenários de teste. Os cenários de testes serão utilizados na fase de manutenção e antes da fase de produção. Já os requisitos por sua vez serão abordados durante os planos de versão.

O Ciclo de Vida do framework XP

Agile: O Ciclo de Vida do framework eXtreme Programming(XP)

Fonte: HENRAJANI, 2007

Como se pode ver no segundo retângulo, é no plano de versão que são definidas as estimativas e quais histórias de usuário serão implementadas em uma iteração. A iteração é uma pequena etapa de desenvolvimento ao final da qual será entregue uma pequena versão a ser testada. Através dos cenários de testes as pequenas versões são testadas e se não ocorrerem erros e o cliente aprovar ele entra na fase de produção ficando a equipe livre para iniciar uma nova iteração. Já se o cliente desaprovar algo ou ocorrerem bugs terá origem novas histórias de usuário que serão reconsiderados no plano de versão e adicionados à próxima iteração.


Engenharia de Software Essencial: Um guia rápido com foco em Agile

Referências:

HENRAJANI, Anil. Desenvolvimento ágil em Java com Spring, Hibernate e Eclipse. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.